Esta é uma residência onde o poder de sua fachada fica evidente ao se aproximar - ela possui uma energia concreta, que se move de fora para dentro - oferecendo uma versão contemporânea de uma grand villa.

Rob Mills

Esta casa, no bairro de Brighton, à beira-mar de Melbourne, começou com um generoso terreno e uma disposição por parte do cliente para explorar novas experiências que um trabalho de arquitetura pode trazer.

A casa, com sua forma escultural assertiva, fica na parte lateral do terreno, permitindo um imponente pátio com jardins e uma área de piscina ao longo de todo o lado da construção. Essa localização equilibra a relação entre espaços internos e externos, enfatizando igualmente os dois.

O uso do concreto cria coesão visual, enquanto a esplendorosa área exterior continua internamente com uma entrada de altura dupla, a varredura de uma parede curva, uma claraboia circular e a grandeza de uma escada espiral criando justaposições inesperadas e mudanças de luz ao longo do dia.

"Sabemos que espaços generosos são sinônimo de luxo, mas que isto precisa estar em harmonia com a privacidade e, por isso, usamos telas divisórias internas para permitir uma flexibilidade na operação da planta", diz Mills. Junto com o corredor central, eles criam fendas que dão à casa uma sensação de abertura e transparência.

Os moveis e a marcenaria sob medida combinam-se para evocar um luxo sutil, com formas e cores que ecoam habilmente na estrutura, enquanto as paredes de vidro se abrem para o fluxo de ar, e uma relação mais próxima com a luz natural e exterior dá vida à arquitetura e ao interior.

Read more
o email Baixe nosso prospecto